(11) 2229-2323 / (11) 2229-7788 / Whatsapp: (11) 99935-1563  

Cubas para cozinhas: quais tipos existem e como escolher?

ìndice

As cubas para cozinhas existem em diferentes tipos de modelos, cada um com suas características próprias. Elas variam entre atributos importantes e fazem toda diferença no seu ambiente – tanto em relação à estética quanto com relação à funcionalidade.

Então, com tudo isso em mente, como escolher cubas para cozinhas certas para o espaço que você possui? Para resolver este problema, preparei uma publicação especial. Leia até o final e entenda!

Conheça os tipos de cubas para cozinhas

cubas para cozinhas

Em primeiro lugar, então, é importante começar descrevendo os tipos de cubas para cozinhas que existem. Afinal de contas, é entre algum deles que você vai ter de escolher para o seu ambiente.

Antes de mais nada, saiba que as cubas podem ser embutidas, podem ser sobrepostas ou esculpiadas. Elas podem, da mesma forma, ter algumas diferenças no fundo (reto ou em rampa, por exemplo).

Além disso, é claro, há variações no formato e no tamanho de cada uma das cubas para cozinhas. Elas podem ser mais retangulares, mais arredondadas ou terem outras características próprias. Ademais, o material também pode mudar, mas o ideal é sempre aço inox.

Neste sentido, algumas das principais cubas para cozinhas são as listadas abaixo:

  • Cubas padrão: é a cuba mais comum e simples, combinando com o design de várias cozinhas.
  • Cubas redondas: como indica o nome, há cubas em formato arredondado, sendo mais ou menos profundas e em diferentes acabamentos.
  • Cubas retas: as cubas retas podem ser simples ou duplas, com acabamento polido ou escovado e se assemelha um pouco à padrão.
  • Cubas saia: um possível formato da cuba reta é no formato saia, que, como indica o nome, tem um leve acabamento para frente e/ou para as laterais, imitando a peça de roupa.
  • Cuba retangular: a cuba pode ter formato retangular, geralmente para ambientes que possuem mais espaço.
  • Cuba funda: por fim, a cuba funda é ideal para quem necessita de maior profundidade no seu móvel.

Escolhendo a cuba: pense no tamanho do local

Agora que você já sabe quais tipos de cubas para cozinhas existem, é hora de aprender como escolher a certa para o seu ambiente. Neste caso, é importante levar em consideração algumas variáveis, como o tamanho que você tem à disposição.

Por mais que pelas fotos as cubas pareçam similares, muitas são, na verdade, diferentes em medidas importantes. Isto você pode observar, por exemplo, nas fichas técnicas de cada uma – além de, claro, vendo elas ao vivo.

Para escolher aquele modelo ideal, é importante pensar tanto no tamanho da cozinha quanto no tamanho da bancada. Isto porque algumas são mais indicadas para espaços maiores, enquanto outras ficam melhores em ambientes menores.

Se você tiver uma cozinha grande, com uma bancada também grande, então as cubas para cozinhas indicadas são as maiores. Ou seja, há uma lógica aqui: se você já possui bastante espaço, o ideal é aproveitá-lo, porque isso vai gerar mais conforto e menos respingos.

No entanto, caso sua cozinha seja pequena, então provavelmente a bancada também não é lá muito grande, não é mesmo? Afinal, a questão não é só de manter a proporção pela estética, mas também pela funcionalidade do ambiente.

Neste sentido, também, as cubas para cozinhas mais indicadas são as menores, como as simples. É contraindicado, por exemplo, colocar uma cuba dupla, que vá ocupar um espaço que você não possui.

Pensando na profundidade: escolha de acordo com a torneira

cubas para cozinhas

Além de pensar nos tamanhos das cubas para cozinhas e nos tipos que existem, também há de se levar em conta a profundidade. Como falei anteriormente, algumas são mais profundas, enquanto outras são mais rasas.

Então, como escolher a certa? Neste caso, existe uma forma de pensar e, como indica o título desta seção, é relacionado à torneira que você tem ou que deseja instalar.

Se você escolher uma torneira de parede, a cuba deve ficar mais próxima da parede, a aproximadamente 5 centímetros. Porém, caso você opte por uma torneira de mesa, que fica atrás da cuba de cozinha, então lembre-se de deixar cerca de 10 centímetros.

Já, na frente da cuba, o indicado é sempre deixar uma medida de mais ou menos 5 cm até a borda da bancada. Assim, você garante boas medidas para a sua cozinha.

Por fim, o que você achou desta explicação sobre as cubas para cozinhas? Aprendeu como escolher a sua? Deixe as dúvidas nos comentários!

Compartilhe este artigo